Notícias

DESTAQUES
NOTICIAS


Você sabe o tempo médio de decomposição de alguns materiais?

28 de maio de 2024 | Nenhum comentário


A reciclagem é um processo fundamental para a preservação do meio ambiente e tem um impacto significativo na natureza. Esse processo envolve a coleta e a transformação de materiais descartados, como papel, vidro, plástico e metal, em novos produtos, evitando o desperdício e reduzindo a necessidade de extração de recursos naturais.

Veja o tempo médio de cada material:

Uma das principais vantagens da reciclagem é a redução da quantidade de resíduos que são enviados aos aterros sanitários e incineradores. Afinal, a deposição de lixo em aterros pode contaminar o solo e as águas subterrâneas com substâncias tóxicas, além de liberar gases de efeito estufa, como o metano, que contribuem para o aquecimento global. Ao reciclar, diminuímos a demanda por novos aterros e incineradores, mitigando os impactos ambientais negativos. 

Campanhas educativas que incentivem a reciclagem, como a coleta seletiva e a responsabilidade compartilhada, são essenciais para aumentar as taxas de reciclagem e para promover uma cultura de respeito ao meio ambiente. Esse propósito está entre os objetivos dos projetos desenvolvidos pelo Instituto Ibramar em vários estados do Brasil. 

Adote práticas sustentáveis no seu dia a dia e coloque os 3Rs da Sustentabilidade em prática.


Confira participação do Ibramar no podcast Canal Nota10

1 de fevereiro de 2024 | Nenhum comentário


O Instituto Ibramar marcou presença, nesta quinta-feira (1º),  no podcast do Canal Nota10, debatendo o tema “Educação Ambiental, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável”. Durante a conversa, o Instituto trouxe reflexões cruciais sobre a preservação da natureza, destacando os desafios das ODS, a importância de ações conjuntas com as comunidades locais e um panorama de âmbito nacional sobre conceitos e atitudes ambientais.

O diretor do Ibramar Cláudio Leal compartilhou sua expertise, enfatizando o papel fundamental das comunidades no cuidado com o meio ambiente. “Quem faz o meio ambiente são as comunidades que vivem ao redor, não adianta fazer uma política de desassociação. Nosso papel é, sempre, empoderar essas pessoas para que elas enxerguem a natureza como uma aliada fonte de recursos”, afirmou.

No episódio, você também entende um pouco mais sobre fatores relacionados, como o clima, desmatamento, redução de emissão de gases e reflorestamento. 

A iniciativa discutida no podcast reforça a necessidade premente de uma abordagem integrada para enfrentar todos os desafios ambientais, unindo esforços de instituições, governos e sociedade civil na busca por soluções sustentáveis que assegurem um futuro equilibrado para as próximas gerações.

A mediação do podcast ficou por conta de Júnior Ernandes, e contou com a participação de Anna Tristão, representando o Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (IEMA).

Acompanhe o episódio no YouTube, clicando aqui.

Ibramar marca presença em podcast
Ibramar marca presença em podcast


Ibramar apresenta projetos e livros didáticos para Deputado João Coser

1 de dezembro de 2023 | Nenhum comentário


O Instituto Ibramar, sob a liderança de seu Diretor Presidente, Claudio Antonio Leal, juntamente com o Diretor Financeiro, Micael Paz, estiveram reunidos no gabinete do Deputado do Estado do Espírito Santo, João Coser. O propósito dessa reunião foi a apresentação meticulosa do portfólio de projetos socioambientais implementados ao longo de seus 15 anos de existência.

No decorrer da reunião, foram minuciosamente delineadas diversas iniciativas, sobretudo aquelas desenvolvidas no Espírito Santo e em outros estados, com ênfase no bioma Cerrado, situado em Tocantins.

No gabinete, foi destacada a premente necessidade de instaurar projetos nas regiões norte e noroeste do Espírito Santo, com especial atenção voltada às comunidades tradicionais, notadamente as quilombolas e indígenas, que enfrentam circunstâncias de vulnerabilidade socioambiental.

Enquanto Organização da Sociedade Civil (OSC) sem fins lucrativos e detentora do status de utilidade pública estadual, tais ações convergem harmoniosamente com as diretrizes estatutárias do Ibramar.

Nesse contexto, ainda, o Instituto teve a honra de entregar ao Deputado João Coser dois exemplares de obras técnicas elaboradas ao longo da trajetória dos nossos projetos.


Ibramar: 15 anos de dedicação à preservação ambiental no Brasil

3 de novembro de 2023 | Nenhum comentário


Instituto Ibramar concentra esforços na proteção do Cerrado e da Mata Atlântica e já realizou mais de 10 projetos em prol do meio ambiente

Com um histórico impressionante de projetos ambientais bem-sucedidos, o Ibramar tem trabalhado incansavelmente para garantir a sobrevivência dos ecossistemas únicos do Cerrado e da Mata Atlântica, dois dos biomas mais ameaçados do Brasil.

Durante uma década e meia de existência, mais de 10 projetos foram conduzidos a fim de abranger ações voltadas para a preservação da biodiversidade, a recuperação de ecossistemas degradados e a conscientização ambiental. Ao longo desse período, essas ações possibilitaram o plantio de mais de 330 mil mudas.

O estado do Espírito Santo, onde sedia o Instituto, já foi contemplado com 8 dos 11 projetos. O Raízes do Amanhã, o Recanto Feliz e o Tilápia das Montanhas com Uso da Tecnologia Social desenvolveram atividades sustentáveis no município de Domingos Martins. Em Conceição da Barra e em São Mateus, o projeto Rede Capixaba de Mulheres Organizadas atuou em prol do associativismo e cooperativismo pesqueiro na região. 

A atuação do Ibramar em solo espírito-santense também foi marcada pela recuperação nativa gerada nos projetos Renascente, Uruçu Capixaba e Saúde e Saneamento Rural. 

Em todos os projetos foram abordados fatores de risco, como desmatamento, perda de habitat, mas também a proteção da fauna e da flora nativas e a promoção de práticas sustentáveis. Vale destacar o cuidado de 881 nascentes como parte do resultado desses esforços contínuos. 

Além disso, o Ibramar também desempenha um papel crucial na educação e conscientização da população sobre a importância da preservação das áreas em que atua. Exemplos disso são os projetos desenvolvidos no bioma Cerrado, com o Nascentes do Cerrado (no Piauí) e com o Restaurando o Cerrado (no Maranhão), que resultaram na produção de livros didáticos em versões digitais. Mas, atualmente o Instituto também tem projeto ativo nos estados do Espírito Santo (com o Nascente Viva, na Mata Atlântica) e do Tocantins (com o Revitalização e Conservação da Bacia Hidrográfica do Rio Manuel Alves, no Cerrado). 

Por meio de campanhas de sensibilização e programas de educação ambiental, incluindo as escolas das comunidades, o Instituto busca continuar na proteção dos recursos naturais e na luta contra as ameaças ambientais.

“O Ibramar agradece profundamente a todos os apoiadores, parceiros e voluntários que tornaram possível alcançar esses marcos significativos. À medida que a natureza enfrenta desafios cada vez mais urgentes, a nossa missão se mantém mais relevante do que nunca”, ressalta o diretor presidente, Cláudio Leal. 

Para saber mais sobre as atividades do Instituto Ibramar, quais projetos estão ativos e outras notícias, acompanhe nosso Instagram: @institutoibramar


Nascentes do Cerrado transforma área de mais de 100 hectares no Piauí

29 de setembro de 2023 | 1 comentário


Nascentes do Cerrado transforma área de mais de 100 hectares no Piauí

Um ambicioso projeto de restauração florestal está dando frutos, ou melhor, mudas. Implantado pelo Instituto Brasileiro dos Recursos Ambientais e Assessoria Rural (Ibramar), o Nascentes do Cerrado tem promovido um processo de restauração ecológica no município de Regeneração, no Piauí (PI). O relatório apresentado no último dia 22 aponta que já foram plantadas 31.312 mudas nativas.

O projeto concentrou-se em uma série de ações, nos meses de abril e maio deste ano, que visam recuperar e revitalizar esse importante ecossistema. Uma das primeiras etapas envolveu o isolamento da área em processo de restauração, com a instalação de 3.780 metros de cerca, delimitando o espaço em 108,58 hectares, a fim de proteger a área de fatores de perturbação, como incêndios, extração de madeira, presença de gados dentro da área e até o controle de formigas.

Além disso, o uso de drones facilitou o mapeamento geográfico para que uma meticulosa preparação do solo fosse conduzida em 31,35 hectares, criando um ambiente propício para o plantio de mudas. Ao longo dessa área de plantio, foram cuidadosamente selecionadas 31 espécies diferentes, representando um esforço significativo para trazer de volta as espécies nativas da região. Do total de mudas plantadas, na Fazenda Chapada Grande, tem um número expressivo das espécies de Sabiá e dos Ipês Rosa e Amarelo – somadas são 13.280, que pertencem ao bioma Cerrado.

Plantio de mudas

O coordenador-geral do projeto, Cláudio Leal, ressaltou a importância da atuação no bioma que é a origem das nossas águas. “Há atividades muito desafiadoras para manter o Cerrado, atrelado a esse bioma tão rico, importante e rústico, temos paradoxos de vulnerabilidade social e ambiental”.

Cláudio Leal também expressou sua satisfação com os resultados da primeira fase e ressaltou que a atuação é fruto dos 15 anos do Instituto.

Para alertar sobre a importância da preservação e envolver a comunidade no esforço conjunto de conservação, a equipe técnica do Instituto Ibramar também instalou estrategicamente placas de identificação da Reserva Legal e placas orientativas das áreas em processo de restauração e placas sobre as atividades proibidas dentro das áreas de reserva legal, com foco principalmente nas ações preventivas contra incêndios.

Fazenda Chapada Grande

Página 2 de 18